terça-feira, 1 de julho de 2014

Bigodes de Nata a cortar o mal pela raíz desde 2014

Ora como já é do conhecimento público tenho um chefe...

Hoje, em reunião com a contabilista (ele fez questão que eu estivesse presente), virou-se para mim e disse: "Bigodes de Nata, está a prestar atenção àquilo que estou a dizer ou é melhor fazer um desenho?"

cabrão da merda, filho de uma grandessíssima piiii se ele fosse armar-se em estupor para o raio que o parta

Ora, eu na minha mais serena atitude disse que sim, que estava sempre a ouvi-lo.

Quando saímos de lá, virei-me para ele e disse-lhe que não gostei da atitude paternalista como ele me trata e que me ofende quando me trata como se fosse burra. Sou uma pessoa bastante inteligente e fast learner. Posso não entender de contabilidade tanto quanto ele quer, mas estou disposta a aprender. Mas que não volte a tratar-me assim porque me magoa imenso! (isto tudo dito com uma calma e assertividade bestial)

Ele pediu desculpa porque não foi com essa intenção e disse que não voltava a acontecer.

Eu desculpei e agradeci.





10 comentários:

  1. é embrulhar esse contabilista numa folha excel e mandá-lo para onde judas perdeu as botas.

    ResponderEliminar
  2. Ai santa paciência, eu não aguentava sem o mandar plantar batatas!
    Fizeste bem querida, ele mereceu!
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheheh eu mandei-o plantar batatas só que com muiiiiiiiita assertividade!!!
      Mentalmente, mandei-o à merda na hora, no entanto consegui recompôr-me (até porque sou uma lady eheheheh) e disse-lhe como me senti e que não repetisse a "brincadeira". :)

      beijos

      Eliminar
  3. Respostas
    1. obrigada, obrigada... obrigada, obrigada... (ler como se eu fosse a Amália Rodrigues, sff) :)))

      Eliminar
  4. ahahaha às vezes os pensamentos que temos para nós próprios precisam de ficar bem guardadinhos e não sair para fora xD fizes-te bem em ter calma :D

    http://o-meu-cantinho-de-escrita-marcia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vinda, Márcia!
      É verdade, não devemos ter o cérebro ligado directamente à boca, é preciso filtrar algumas coisas. Mas imaginei logo uma cena à "Ally Mcbeal" onde lhe espetei com um selo mesmo em cheio naqueles besugos que ele chama de olhos eheheheh

      Eliminar
  5. Citando um ex chefe com quem aprendi imenso: as desculpa não se pedem, evitam-se!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois... Mas acho que a partir desta ele já percebe bem com quem está a lidar! Eu não sou pessoa (felina) de tolerar 'abusos' portanto levou logo um ponto final na história para que não volte a acontecer! :)

      Eliminar

Façam o favor de opinar....